Artigo

Assim nascem os problemas


Este artigo é um conjunto de atitudes recorrentes verificado nas empresas durante o trabalho de consultoria. Essas situações surgem, geralmente, quando não se dá a devida atenção para um ponto isolado que, de momentâneo, torna-se rotineiro, passando a ser crônico. Para facilitar a compreensão, veja se algum setor da sua empresa se encaixa neste perfil:

 

PLANEJAMENTO: deixe de programar e haja impulsivamente; não pare para avaliar; não acompanhe o mercado; não estruture o crescimento; não se prepare; não faça projeções; cresça sem parâmetros e organização; deixe tudo como está e não mude nada.

 

ADMINISTRATIVO: não defina as responsabilidades de cada um; sobrecarregue-se de atividades de outros; deixe de lado algumas rotinas; não tenha procedimentos; deixe de acompanhar as atividades; não promova treinamentos; troque constantemente de funcionários.

 

FINANCEIRO: ao ter a necessidade de antecipar títulos, torne essa prática contínua; trabalhe com prazos de recebimento maiores do que os prazos que os seus fornecedores oferecem; ao tomar um empréstimo, não avalie os custos financeiros; não controle as saídas de dinheiro; use todos os recursos financeiros e não faça reservas; não acompanhe as despesas e os custos; não registre a movimentação financeira.

 

COMERCIAL: comercialize seus produtos e serviços sem qualquer critério; ceda a todas as solicitações e pressões do cliente; deixe de cumprir o que você prometeu; deixe de acompanhar e visitar o cliente; não tenha uma política comercial; deixe de avaliar o resultado final de cada negociação; não defina metas; não cobre resultados; não amplie seu mercado de atuação; deixe de avaliar as tendências, menospreze os concorrentes; não inove; não faça pós-venda; não comemore os resultados.

 

PRODUTIVO: não faça manutenção; não faça paradas preventivas; não avalie as perdas no processo; não treina a equipe, não avalie regularmente os processos; deixe os equipamentos ficarem obsoletos; não verifique a qualidade do que está produzindo.

 

RELACIONAMENTO: deixe de valorizar a equipe; cobre cada vez mais sem compartilhar os resultados; trate as pessoas de forma desigual; deixe de cumprimentar e responder as pessoas; não motive ou estimule o desenvolvimento pessoal; não dê atenção às pessoas; menospreze a boa conduta; dê sua opinião, mas não dê atenção à opinião dos demais.

 

HIERÁRQUICO: centralize, não delegue; delegue, mas não cobre; privilegie alguns em detrimento de outros; exija, não peça; fique isolado da equipe; estimule a competição interna; não desenvolva e nem promova lideranças internas.

 

Se algumas dessas atitudes estão ocorrendo na sua empresa é bom ficar atento. Os problemas ou dificuldades não costumam avisar quando chegam, mas depois que se instalam, causam desconforto e podem comprometer ou limitar o desempenho e a saúde do negócio. Por isso, trabalhar preventivamente é sempre a melhor alternativa. 

 

Jamir Booz é consultor de empresas e sócio da Nível 10 Consultoria Empresarial

 



Publicado em 30/06/2014 19:39:38